top of page

TURMA ALEGRIA ADVERTE: A HUMANIZAÇÃO NA SAÚDE NÃO PODE PARAR!

  • Fisioterapia


No dia 18 de abril, a Turma da Alegria, formada por acadêmicos do curso de Fisioterapia – UniPinhal, realizou visita ao Hospital Francisco Rosas como uma forma de humanizar esse ambiente paradoxal, onde ocorrem nascimentos e curas, mas também carrega o estigma de dores e sofrimento. E para isso, nada melhor que as intervenções dos doutores palhaços que representam o apoio social e estão ligados ao símbolo de bom humor, ingenuidade, empatia e ternura.


A profa. Me. Mariana Ferreira Oliveira, coordenadora do projeto há 13 anos explica: “Todos ganhamos com essas visitas. É uma oportunidade dos futuros Fisioterapeutas se aproximarem do paciente sem obrigação profissional, com liberdade para ouvir, gera uma nova percepção do cuidar, valorizando as histórias além da clínica, e construindo a sensibilidade de olhar o paciente integralmente. Não somos cientistas ou estudiosos do assunto, mas como doutores palhaços especialistas em Bobeirologia – e bons observadores – afirmamos: rir faz muito bem a saúde... é sério! E melhor que rir, é rir com alguém ao seu lado, pois sorriso dividido é prazer dobrado. Nossa hipótese é confirmada por inúmeros estudos de universidades e instituições relevantes afirmando que o riso terapêutico promove liberação de substâncias (endorfina, dopamina, ocitocinas, serotonina) que amenizam a sensação de dor, estimulam a imunidade, a resiliência e o processo de cura. Rir nos conecta a outras pessoas para dividir nossas lutas, temores e confusões... criando laços! E não importa a idade (crianças, adultos ou idosos) ou função (pacientes, acompanhantes ou funcionários) todos foram contagiados pela alegria, cantarolaram com o coração e ficaram com o riso frouxo de montão - confiram nas fotos. Missão cumprida! Agradecemos essa parceria.”










4 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page