top of page
Escrevendo com Caneta

ARTIGO

Material::

Área:

Título:

Descrição física:

Número de chamada:

Idioma:

Assunto:

Autores:

Orientador:

ARTIGO

História

Anticolonialismo, Descolonização e Guerra de Libertação Nacional: Revolução e Contrarrevolução na Independência de Moçambique (1975)

p.

Artigo/Unipinhal

Português

FRELIMO ; RENAMO ; Independência - Moçambique ; Socialismo.

Rosa, Gustavo Henrique

Rodolfo Costa Machado

Resumo:

A independência de Moçambique, proclamada em 25 de junho de 1975, marcou o fim do domínio colonial português, a vitória de uma revolução nacional anticolonialista e, enfim, o surgimento de um novo país soberano na África. O processo de independência foi o resultado de décadas de resistência e luta anticoloniais do povo moçambicano, liderado pela Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO). Esta luta de libertação nacional anticolonialista trouxe consigo desafios significativos na construção de uma nação soberana e, apesar de sua vitória em sua guerra civil aberta, enfrentou enormes desafios na busca por estabilidade política e desenvolvimento econômico no contexto histórico pós-independência, em especial com seu grupo anticomunista antagônico, a Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), incorporado esse grupo paramilitar anticomunista no sistema político de Moçambique na década de 1990, no contexto pós-Guerra Fria.

bottom of page