top of page
Escrevendo com Caneta

ARTIGO

Material::

Área:

Título:

Descrição física:

ARTIGO

Medicina Veterinária

Carcinoma Mamário em Tumor Misto em Cadela atendida no Hovet da Unipinhal - Relato de Caso

17 f.

Número de chamada:

Artigo/Unipinhal

Idioma:

Português

Publicação:

Espírito Santo do Pinhal, SP: [s. n.], 2019

Ano:

2019

Assunto:

Autores:

Orientador:

Síndrome paraneoplásica ; Neoplasia mamária ; Malignidade

Basso, Maria Paula Milan

Giuliana Brasil Croce

Resumo:

Das neoplasias mais comumente encontradas na rotina clínica de pequenos animais, as mamárias destacam-se em número de casos, em cadelas fêmeas, não castradas, com faixa etária média de 8 anos. O carcinoma mamário é o tipo neoplásico mais comumente encontrado nos exames laboratoriais, como citopatologia, histopatologia e imunohistoquímica. A presença de nódulos tumorais pode desencadear alterações clínicas e laboratoriais denominada síndrome paraneoplásica, com etiologia desconhecida, porém correlacionada com tumores. Em casos de tumores mamários, o tratamento recomendado é remoção cirúrgica dos nódulos, cadeia mamária afetada e linfonodos regionais, seguido de quimioterapia para prevenção de metástases. O prognóstico varia de acordo com malignidade do tumor, procedimento cirúrgico e protocolo quimioterápico utilizados. A medida profilática do tumor de mama é a castração precoce das fêmeas, antes da manifestação do início do ciclo estral. O objetivo do presente trabalho, foi relatar a ocorrência de carcinoma mamário de tumor misto em cadela, de aproximadamente 14 anos de idade atendida no Hospital Veterinário do Centro Regional Universitário de Espirito Santo do Pinhal – SP – UNIPINHAL, que apresentava nódulo mamário ulcerado e hemorrágico, em mamas abdominal caudal e inguinal ambas do lado direito. Indicou-se medicações para a estabilização do paciente e eletrocardiograma, hemograma completo e bioquímico, como exames pré-operatórios, onde ambos deram alterados. Passou-se por procedimento cirúrgico de mastectomia parcial unilateral direita e excisão de linfonodo presente para melhor prognóstico.

Abrir Trabalho
bottom of page