top of page
Escrevendo com Caneta

TCC

Material::

Área:

Título:

Descrição física:

Número de chamada:

Idioma:

Assunto:

Autores:

Orientador:

TCC

Fisioterapia

Conhecimento e uso de dispositivos eletrônicos para fumar entre estudantes de uma Instituição de Ensino Superior do Interior de São Paulo

31 f.

TCC/Unipinhal A447c

Português

Cigarro eletrônico ; Adulto jovem ; Hábito de fumar ; Tabagismo.

Almeida, Kayohana Vitória ; Pereira, Laís Paraiso

Érica Ferraz.

Resumo:

Os dispositivos eletrônicos para fumar (DEF), conhecidos como cigarros eletrônicos, não são um tratamento de cessação do tabagismo. O seu uso causa doenças, replica características comportamentais e sociais do tabagismo, perpetua a dependência da nicotina e normaliza o tabagismo. OBJETIVO: O objetivo desse estudo foi analisar a prevalência do conhecimento e experimentação dos DEFs entre universitários do curso de Fisioterapia do UniPinhal, bem como as características associadas ao conhecimento desse tipo de dispositivo. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi realizado um estudo transversal, utilizando-se formulário específico, onde foram entrevistados estudantes do curso de Fisioterapia matriculados no UniPinhal no ano de 2023. As perguntas referiam-se às características sociodemográficas, informações sobre o cigarro de papel e cigarro eletrônico e os seus riscos oferecidos á saúde. RESULTADOS: Dos 60 alunos matriculados, 53 (92%) responderam o formulário, sendo que 1 se negou a participar. A média da idade foi de 22±4 anos, sendo 67% do sexo feminino. A prevalência do conhecimento do DEF foi de 100% e 98% relataram saber os riscos do cigarro eletrônico para a saúde. Dentre esses alunos que possuem conhecimento sobre o cigarro eletrônico, 39 (76%) participaram de uma palestra sobre o cigarro eletrônico no dia 11 de maio de 2023 durante a Semana da Saúde oferecida pelo UniPinhal, e observou-se que o nível de conhecimento sobre sua periculosidade aumentou de 47% para 71%. Em relação a experimentação do cigarro eletrônico, 20 (38%) dos alunos já experimentaram, dos quais 4/20 (20%) são tabagistas (todos dizem conhecer os riscos, comparando com o cigarro de papel). O único aluno que não assistiu a palestra relatou que o cigarro eletrônico é menos perigoso que o cigarro de papel. CONCLUSÃO: Ações como palestras educativas são eficazes para aumentar o nível de conhecimento sobre o DEF, porém, mesmo conhecendo os riscos, uma pequena parte dos estudantes ainda fazem uso do cigarro eletrônico.

bottom of page