top of page
Escrevendo com Caneta

ARTIGO

Material::

Área:

Título:

Descrição física:

ARTIGO

Medicina Veterinária

Demodicose Canina: Relato de Caso

13 f.

Número de chamada:

Artigo/Unipinhal

Idioma:

Português

Publicação:

Espírito Santo do Pinhal, SP: [s. n.], 2019

Ano:

2019

Assunto:

Autores:

Orientador:

Cão ; Dermatite ; Ácaro

Mesquita, Kimberly Stefany de Oliveira

Regina Raquel Perez

Resumo:

A sarna demodécica pode acometer animais jovens e adultos, sem predisposição sexual. Pode ser classificada como localizada e generalizada dependendo da extensão das lesões. O ácaro Demodex sp é um comensal da pele, presente em pequena quantidade, quando ocorre a proliferação anormal deste ácaro, o animal desenvolve sinais da demodicose que incluem: alopecia, discromia, edema, eritema, pápulas, nódulos, fístulas, erosões, escamas, comedões, crostas e queratose. As lesões podem acometer qualquer área do corpo do animal, porém na sarna demodécica localizada é comumente encontrada na face, focinho e membros, podendo evoluir para outras áreas caracterizando a sarna demodécica generalizada. O diagnostico definitivo pode ser obtido pela visualização do ácaro através dos exames parasitológicos de Raspado cutâneo, tricograma e histopatológico. O tratamento pode ser realizado de forma sistêmica ou tópica com a finalidade da eliminação da presença do ácaro Demodex. O presente estudo teve como objetivo relatar um caso de demodicose generalizada em um cão fêmea, sem raça definida, de 12 anos de idade, atendido no Hospital Veterinário do Centro Regional Universitário de Espírito Santo do Pinhal – Unipinhal, SP.

Abrir Trabalho
bottom of page