top of page
Escrevendo com Caneta

ARTIGO

Material::

Área:

Título:

Descrição física:

ARTIGO

Biomedicina

Estudo sobre a prevalência e o tratamento farmacológico de AVC (Acidente Vascular Cerebral) de pacientes da Clínica Escola de Fisioterapia Unipinhal, de Espírito Santo do Pinhal - SP

np.

Número de chamada:

Artigo/Unipinhal

Idioma:

Português

Publicação:

Espírito Santo do Pinhal, SP: [s. n.], 2022

Ano:

2022

Assunto:

Autores:

Orientador:

AVC ; AVE ; Tratamento Farmacológico

Paulino, Laura Stephanie Maranho Giardini

Inês Juliana Martorano

Resumo:

O AVC, Acidente Vascular Cerebral, também conhecido como AVE, Acidente Vascular Encefálico, caracteriza-se pela diminuição ou total falta de suprimento sanguíneo no cérebro. O AVC é um importante contribuinte na geração de óbitos em todo o mundo, e até mesmo no Brasil, sendo ainda a maior razão da lotação e sobrecarregamento do SUS, além de ocupar o topo da lista de mortes. O AVC pode ser classificado como isquêmico (AVCi) ou hemorrágico (AVCh). O tratamento varia de acordo com o tipo. O objetivo do estudo foi identificar a prevalência dos acometimentos por AVC, bem como outras patologias associadas a ele, e os medicamentos utilizados no tratamento de pacientes da Clínica Escola de Fisioterapia UniPinhal de Espírito Santo do Pinhal – SP. Os atuais pacientes acometidos por AVC fizeram parte da pesquisa através de dados de prontuários. Foi encontrada prevalência de AVC Isquêmico em 69,23% dos casos, afetando mais o sexo masculino, sendo 80,76% dos pacientes hipertensos, onde o fármaco mais utilizado para o tratamento foi AAS em 29,78% dos casos. Conclui-se então que o AVC pode ser evitado, e através do rápido atendimento e tratamento as sequelas podem ser diminuídas consideravelmente.

Abrir Trabalho
bottom of page